A Nova geração de Quarterbacks na NFL – Uma juventude que chega com impacto!

Por André Borzani – Redator College Football e NFL // Tide Football.

É natural, gerações após gerações a Liga vai se renovando, jogadores mais velhos se aposentam e novatos chegam para pegar seus lugares. Um fenômeno cada vez mais comum tanto na NFL quanto em outras ligas americanas é o crescimento da quantidade de jovens jogares, muito motivado pelo cada vez mais necessário atletismo.

Anúncios


A NFL é uma Liga que em sua história privilegiou muito aqueles que já prestaram algum serviço em alta qualidade para ela, principalmente em uma posição fisicamente menos exigidas, como a de quarterback. Não é preciso ir longe para se ter um exemplo, Philip Rivers foi draftado pelo New York Giants em 2004, na pick 4, e foi rapidamente trocado para o então San Diego Chargers, em um negocio envolvendo Eli Manning.


Rivers jogou de 2004 à 2019 pelos Chargers, tendo ainda uma temporada pelo Indianapolis Colts. Se analisarmos Philip Rivers como jogador veremos um bom quarterback, pouco atlético e que apesar de não te entregar nada espetacular, não terá jogos de 4 interceptações para arruinar sua semana. Por anos ele parecia mostrar seu declínio técnico, mas seguia tendo seu contrato renovado pelos Chargers, e quando não o teve, assinou para jogar no Lucas Oil Stadium.


O que quero dizer com essa pequena história é que historicamente as franquias são precavidas, preferem contratar um veterano com bom piso apesar de um teto não tão alto, a draftar um rookie que pode ter um teto superior, mas que seu piso ainda é um mistério. Na contra mão deste movimento, franquias como o Kansas City Chiefs decidiram arriscar, trocando seus veteranos por rookies promissores, como no caso dos Chiefs com a troca de Alex Smith por Patrick Mahomes. Preciso dizer algo?


Atualmente se somarmos a idade de todos os quarterback titulares da NFL (para tal conta considerei Justin Fields, Cam Newton, Teddy Bridgewater e Jimmy Garoppolo titulares) teremos o incrível numero de 900 anos, se dividirmos por 32, numero de franquias da Liga, teremos uma média de pouco mais de 28 anos, numero que já foi muito maior no passado.

Anúncios


Quarterbacks cada vez mais jovens vem sendo escolhidos pelas franquias no draft, como Lamar Jackson e Trey Lance, ambos escolhidos com apenas 20 anos. Ao mesmo tempo alguns times preferem manter seus medalhões e apostarem na continuidade e na segurança, como os Pittsburgh Steelers com Ben Roethlisberger, de 39 anos, e o Washington Football Team que terá Ryan Fitzpatrick, no auge de seus 38 anos. Para essa analise desconsiderei Tom Brady, afinal de contas, 43 anos para ele não parecem ser uma questão relevante.


Se consideramos os quarterbacks entendidos como de nova geração, teremos uma lista grande e de talento, são eles: Joe Burrow (Bengals), Baker Mayfield (Browns), Lamar Jackson (Ravens), Justin Fields (Bears), Trevor Lawrence (Jaguars), Sam Darnold (Panthers), Josh Allen (Bills), Tua Tagovailoa (Dolphins), Zack Wilson (Jets), Daniel Jones (Giants), Jalen Hurts (Eagles), Justin Herbert (Chargers) e Kyle Murray (Cardinals). Todos ainda com seus contratos de rookie em vigor.

Anúncios
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s